Cavalo Campeiro no Globo Rural

Campeiro

O feito de uma cavaleira sulista de Santa Catarina, do município de Curitibanos, consegue impressionar. Embora montando um garanhão, que normalmente é mais fogoso que um castrado, Mariana Becker equilibra um copo com leite na copa do chapéu por quantas voltas quiser, tal é a maciez do andamento. O garanhão é um típico representante da raça dos campeiros. O campeiro é o caçula entre os marchadores, pois é a raça reconhecida mais recentemente, em 1985, apesar de ter pelo menos 400 anos de história.

O campeiro surgiu na região das florestas de pinheiro, por isso, ganhou o título de “O Marchador  das Araucárias”. Todo fim de semana, no Planalto Catarinense, o que restou dos pinhais serve de moldura para animadas e confortáveis cavalgadas.

Ivadi de Almeida tem 90 anos e ainda pratica montaria. É filho, neto, bisneto de tropeiros, criador e negociante de cavalos. A descoberta do cavalo campeiro como raça se deu por acaso. Ivadi foi a São Paulo em 1964 com a intenção de trazer um garanhão para fazer melhoramento genético. Em uma exposição de mangalarga, ele acordou para o fato que o plantel de campeiro era único e não era bem o mangalarga como pensava.

Ele conta que a diferença principal é a origem, mais espanhola que portuguesa, e remonta ao ano de 1541. O aventureiro Alvar Nuñes, o Cabeza de Vaca, foi nomeado governador da Província do Prata pelo rei da Espanha. Na viagem, parou em Florianópolis e seguiu por terra atravessando Santa Catarina até Assunção, no Paraguai. Da  tropa que Cabeza de Vaca tinha trazido, alguns animais se desgarraram, outros foram cruzando com éguas fugidas dos primeiros criatórios argentinos e assim formou-se a base da raça que espontaneamente se desenvolveu nas montanhas de araucárias.

Quando Ivadi pediu a vistoria do Ministério da Agricultura, em 1985, os técnicos prontamente reconheceram a raça. Um cavalo robusto, rústico, nem alto nem baixo, estatura média de 1,48 m, e um corpo que se encaixa perfeitamente no padrão internacional do animal de sela: o formato quadrado com proporções bem equilibradas de membros e linha de dorso.

Beatriz de Almeida, presidente da Associação dos Criadores do Cavalo Campeiro, lembra que o marchador das araucárias foi selecionado na lida do campo. É bom de serviço, cerca muito bem o gado e faz com perfeição a corrida para laçada. A raça hoje se expande em fazendas de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Acesso ao vídeo da reportagem: http://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2013/01/computador-analisa-marcha-de-cavalo-com-cameras-de-alta-velocidade.html

Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos “Campeiro” – ABRACCC recebe oficialmente sua nova sede

No dia 8 de novembro, a Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos “Campeiro” – ABRACCC recebeu oficialmente sua nova Sede Nacional. A entrega das chaves foi feita pelo Sr. Jairo Demeneck, Secretário da Agricultura, no ato representando o Excelentíssimo Prefeito Municipal, Sr. Wanderley Teodoro Agostini, e pelo Secretário de Administração e Finanças, Sr. Edson Brocardo. Receberam as chaves Camilla Ceratti de Almeida, Presidente da ABRACCC, o integrante mais novo Tiago de Almeida Carneiro e o associado mais antigo da Associação, Sr. Ivadi Coninck de Almeida. Prestigiaram o ato, também, vários associados e incentivadores da Instituição.

Na oportunidade, a ABRACCC agradece o Exmo. Prefeito Municipal, Sr. Wanderley Teodoro Agostini, o Secretário da Agricultura, Sr. Jairo Demeneck e o Secretário de Administração e Finanças, Sr. Edson Brocardo, pelo incentivo ao desenvolvimento da criação da Raça Campeiro, e por acreditar e confiar em nossa Associação nos contemplando com uma instalação digna de Sede Nacional do Cavalo Campeiro.

A ABRACCC sente-se orgulhosa de possuir sua sede em Curitibanos, a qual está localizada no Parque de Exposições “Pouso do Tropeiro”.

 

 

Concentração para Identificação e Registro de Equinos Campeiro em Curitibanos

A Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos “Campeiro” – ABRACCC comunica que estará promovendo no dia 18 de novembro de 2012, às 9 horas da manhã, no Parque de Exposições Pouso do Tropeiro, em Curitibanos, mais uma Concentração para identificação e Registro de animais da Raça Campeiro. Na oportunidade serão avaliados animais marchadores que se enquadrem na Morfologia do Cavalo Campeiro e, aqueles que atingirem a pontuação necessária, receberão o seu registro junto à Associação. Os custos para o Registro serão de acordo com a Tabela de Emolumentos do Serviço de Registro Genealógico da ABRACCC e terão preços diferenciados para sócios e não sócios. Serão exigidos o GTA e Exame Negativo de Anemia Infecciosa.

Aconteceu…

Aconteceu no dia 27 de outubro de 2012, nas dependências da sede da Casa do Agropecuarista, no Parque de Exposições Pouso do Tropeiro de Curitibanos, Durante a Assembleia Geral Ordinária, a Eleição da nova Diretoria da Associação Brasileira dos Criadores de Cavalos Campeiro – ABRACCC, a aprovação das alterações do Estatuto Social, nos termos do Novo Código Civil, e aprovação das Alterações do Regulamento do Registro Genealógico da ABRACCC. A nova Diretoria foi eleita por unanimidade, sendo composta por:
Presidente: Camilla Ceratti de Almeida
1ª Vice-Presidente: Beatriz de Almeida Moraes
2ª Vice-Presidente: Glaúcia Maracine de Almeida
1ª Secretária: Vanessa Bertoldi Moraes
2ª Secretária: Mariana Dolberth Becker
1º Tesoureiro: Ivadi Coninck de Almeida
2º Tesoureiro: Eduardo Didomênico Righes
Conselho Fiscal                                   Suplentes
Fabrício Nesi                                        Ivens Ortigari
Eloice Velho Melo                                 Valderi Goeten
Guiomar de Almeida Solano                   Ivadi de Almeida Moraes
Conselho Deliberativo Técnico           Suplentes
André Dresch                                        Cassiano Ricardo Boff
Dirceu Costa                                         Paulo Evaristo Tadeucci
Ivens Ortigari Júnior                              Cláudio Gatner
Ulmerindo Fernandes de Oliveira            Marcos Cruz
Marcelo Carneiro
Camilla Ceratti de Almeida
Gianice de Almeida Solano
Thiago Rodio
Silvano Teixeira Júnior
Pablo Diego de Almeida Moraes
Eduardo Cenci
Feitas as propostas das alterações e, após algumas trocas de ideias entre os associados presentes, aprovou-se as modificações do Estatuto Social, do Regulamento de Registro Genealógico e criou-se o Selo Racial para o Cavalo Campeiro. As modificações aprovadas serão encaminhadas para o Ministério da Agricultura e Pecuária – MAPA para homologação, passando, após isto, a serem plenamente aplicáveis pela Diretoria, Conselho Fiscal e Conselho Deliberativo Técnico da ABRACCC.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE CAVALOS CAMPEIRO, sediada no município de Curitibanos, vem por meio deste EDITAL, convocar seus associados para a Assembleia Geral Ordinária, para tratar da seguinte Ordem do Dia:

 

– Eleição da nova Diretoria da ABRACCC;

– Aprovação das alterações do Estatuto Social da ABRACCC, conforme o novo Código Civil;

– Aprovação das alterações do Regulamento do Registro Genealógico da ABRACCC;

– Assuntos Gerais.

 

Local: Sede da Associação Rural de Curitibanos, localizada no Parque de Exposições “Pouso do Tropeiro”, na Avenida Lions, em Curitibanos – SC.

Hora: 9 e 30 horas.

Data: 27 e 28 de outubro de 2012.

Obs.: Somente terá direito a voto o sócio quite com suas obrigações junto à Secretaria da ABRACCC.

No local será servido almoço no sábado e no domingo ao preço de R$ 15,00 por dia, mediante confirmação até 23/10/2012, pelos telefones: (49) 8817-8524, (49) 9925-8035, ou e-mail giselleaguiar@hotmail.com

 

 

Curitibanos, 11 de outubro de 2012.

 

 

BEATRIZ DE ALMEIDA MORAES

Presidente da ABRACCC