MORMO

Mormo ou lamparão, é uma doença infecto-contagiosa dos equídeos, causada pelo Burkholderia mallei, que pode ser transmitida ao homem e também a outros animais. Manifesta-se por um corrimento viscoso nas narinas e a presença de nódulos subcutâneos, nas mucosas nasais, nos pulmões, gânglios linfáticos, pneumonia, etc. Os animais contraem o mormo pelo contato com material infectante do doente: pús; secreção nasal; urina ou fezes.

SINTOMAS: Os sintomas mais comuns são a presença de nódulos nas mucosas nasais, nos pulmões, gânglios linfáticos, catarro e pneumonia. A forma aguda é caracterizada por febre de 42ºC, fraqueza e prostração; pústulas na mucosa nasal que se transformam em úlceras profundas com uma secreção, inicialmente amarelada e depois sanguinolenta; intumescimento ganglionar e dispnéia.

CONTAMINAÇÃO: Acontece pelo contato com material infectante (pus, secreção nasal, urina ou fezes). O agente penetra por via digestiva, respiratória, genital ou cutânea (por lesão). O germe cai na circulação sanguínea e depois alcança os órgãos, principalmente pulmões e fígado.

TRATAMENTO: O mormo apresenta forma crônica ou aguda, esta mais freqüente nos asininos. Os animais suspeitos devem ser isolados e submetidos à prova complementar de maleina, sendo realizada e interpretada por um veterinário do serviço oficial. A mortalidade dessa doença é muito alta.

Atenção: Devem ser realizadas as seguintes medidas:

  • Notificação imediata à Defesa Sanitária
  • Isolamento da área da infecção e isolamento dos animais suspeitos
  • Sacrifício dos que reagiram positivamente à mesma prova de maleína
  • Cremação dos cadáveres no próprio local e desinfecção de todo o material que esteve em contato com eles
  • Desinfecção rigorosa dos alojamentos
  • Suspensão das medidas profiláticas somente 120 dias após o último caso constatado.
  • Bloqueio e suspensão do trânsito animal da propriedade

    Fonte: http://www.defesaagropecuaria.al.gov.br/sanidade-animal/mormo

Vende-se

Nota

VENDE-SE:

BAILANTA DA MUNDO NOVO –  nasc. 20/11/2013 – pelagem preta.  Filiação – Voto do Carmo x Corunilha Mundo Novo

VANEIRA DO MUNDO NOVO – nasc 06/15/2013 – pelagem baia Ruana . Filiação – Voto do Carmo x Boneca Mundo Novo

Mais informações com Eduardo pelo celular (49) 9991-1109.

POTRAS A VENDA

Iº ENCONTRO NACIONAL DE TROPEIRISMO

                                   Iº ENCONTRO NACIONAL DE TROPEIRISMO

História, Turismo e Patrimônio Cultural

URUPEMA – SERRA CATARINENSE

28 – 30 | maio | 2015

HORÁRIO PROGRAMAÇÃO
28/05 – QUINTA-FEIRA
 

A partir das 09h00

 

16h30

 

17h30

 

 

Chegada dos convidados e palestrantes a Urupema

 

Agenda de visita ao Gabinete do Prefeito de Urupema – Amarildo Luiz Gaio

 

Reunião do grupo TROPEIRO BRASIL sobre o ENAT 2015 e SENATRO 2016

Coordenação do professor Antonio Carlos Pedro (SP)

 

29/05 – Sexta-Feira
 
08h00 Alvorada Tropeira – voz e violão do Tio Dega (Urupema/SC)

Recepção aos Convidados

Inscrição de Participantes do ENAT

I BLOCO História do Tropeirismo
08h45 às 09h15 Painel 01

Apresentador

Carlos Solera (NATA) – Apresentação do Projeto Tropeiro Brasil (NATA Brasil) e UDG (Espanha)

09h15 às 10h30 Painel 02

Apresentadores

Carlos Roberto Solera – Tropeirismo na Sul América Castelhana e Portuguesa: dos Andes a Minas Gerais

Vera Lucia Maciel Barroso (RS): Registros e Impostos nos Caminhos das Tropas

Mediador – Henrique Paulo Schmidlin

Debates e Contribuições (15 minutos)

Café com Prosa: Sabores do Café Serrano – (IFSC- Campus Urupema)

 

10h30 às 10h45 Painel 03

Apresentadores

Eleni Cássia Vieira (MG) – Museus e Casas de Memória Tropeira:  Reflexos na Comunidade Local

Lucila Maria Sgarbi Santos (RS): O Dia-a-Dia do Tropeiro do Sul

Mediadora – Vera Lucia Maciel Barroso

Debates e Contribuições (15 minutos)

12h00 às 13h00 Intervalo para almoço
10h45 às 12h00 Abertura Oficial do Encontro Nacional de Tropeirismo – Urupema / Serra Catarinense

Cerimonial da Prefeitura Municipal de Urupema (SC)

Cerimônia das Bandeiras

Abertura do Varal Literário (Mostra de trabalhos escolares dos alunos da Rede de Educação Municipal e Estadual de Urupema)

Abertura de Mostras Fotográficas

13h00 às13h40 ­­1ª Bruaca Cultural do Tropeirismo TropeirArte

Depoimentos:

Tropeiros de Urupema e Serra Catarinense – História e Cultura

13h40 as 14h30

II Bloco

Riquezas Culturais, Educacionais e Ambientais do Tropeirismo
 

 

 

 

14h30 às 16h15

Painel 04 –

Apresentadores

Ilton Cesar Martins (PR) – Escravidão e Tropeirismo – um espaço para mestiçagens

Silvestre Alves Gomes (PR): Potencialidades do Tropeirismo para a Educação e a Cultura

Maria das Graças Lins Brandão (MG): Medicina Campeira e Ervas Medicinais

Mediadora – Vera Lucia Maciel Barroso

Debates e Contribuições (15 minutos)

16h15 às 16h30 Café com Prosa: Sabores do Café Serrano – (IFSC- Campus Urupema)

 

III Bloco Patrimônio Cultural – Políticas Públicas para Valorização e Preservação do Tropeirismo 
16h30 às 18h30 Painel 05  

Apresentadores

José de La Pastina (IPHAN/PR)

Fabiano Santos (IPHAN/SC)

Representante IPHAN/RS

Representante IPHAN/MG

Representante do IPHAN Na

Mediador e Debatedor: Henrique Paulo Schmidlin (Presidente da Associação Cultural de Tropeirismo do Paraná)

 

Encerramento 1º dia

 

30/05 – Sábado
08h00 2ª TropeirARTE

Alvorada Tropeira: voz e violão do Cancioneiro da Rota dos Tropeiros – Silvestre Alves Gomes (PR)

Café com Prosa: Sabores do Café Serrano – (IFSC- Campus Urupema)

IV Bloco  Turismo e o Tropeirismo: Oportunidades Culturais e Econômicas
08h30 às 10h30 Painel 06

Apresentadores

Adriana Murara (IFSC – Campus Urupema) – O papel da capacitação no desenvolvimento turístico

Sergio Lima Beck (SC): Turismo Equestre – Organização e  Cuidados

Carlos Solera (NATA) – Projeto Rota dos Tropeiros

Paulo Junqueira Arantes (PR): Cavalgadas Brasil

10h30 às 10h45 Café com Prosa: Sabores do Café Serrano – (IFSC- Campus Urupema)
10h45 às 12h00 Valter Fraga Nunes e Marco Aurélio Angeli (RS): Tropeada Cristovão Pereira de Abreu

Carlos Oscar Niemayer (MG): Expedição Literária da Associação Cavaleiros da Cultura

Mediadora - Ana Luiza Rocha Lima

Debates (15 minutos)

­­­­­­V Bloco Serra Catarinense e o Tropeirismo – Caminhos Futuros
12h00 às 13h15 Painel 07

Debate com agentes e representantes dos segmentos de Educação, Cultura e Turismo da Serra Catarinense

Comunicados

Apresentação e Aprovação de Moções

Encerramento oficial do 1º ENAT – Urupema

Sábado – 30/05 Programação Paralela
 

 

09h00 às 11h00

OFICINA EDUCACIONAL SOBRE TROPEIRISMO

Local – a definir

Professor Silvestre Alves Gomes (PR)

50 professores (as) – Rede de Educação de Urupema e Serra Catarinense

Horse Week

O HORSE WEEK reunirá as maiores modalidades equestres, leilões, congresso de medicina veterinária, exposição de máquinas e equipamentos, veículos, produtos agropecuários, laboratórios, empresas de nutrição animal, vestuário, selaria e acessórios de competição, e uma área exclusiva para demonstração de equipamentos de fenação.

Acontecerá de 13 a 17 de maio, em Jaguariúna-SP

http://horseweek.com.br/

Mormo em Santa Catarina

NOTA DE ESCLARECIMENTO: MORMO

Em: 09/04/2015 Prezados(as) Senhores(as).
Tendo em vista a notificação do foco de Mormo no município de São Cristóvão do Sul, em Santa Catarina, e as notícias veiculadas até o momento, a CIDASC esclarece:
1. Os eventos com equídeos não estão proibidos no Estado de Santa Catarina.
2. No entanto, a participação de equídeos em eventos realizados em Santa Catarina somente será permitida mediante a apresentação de resultado negativo para o teste de Mormo, dentro do prazo de validade, enquanto durarem as ações necessárias para o encerramento do foco.
3. Alguns eventos programados para os próximos dias não serão realizados exclusivamente em decorrência da falta de tempo hábil para a realização dos exames de Mormo exigidos.
4. Todas as medidas estão sendo adotadas conforme a Instrução Normativa nº 24/2004 do Ministério da Agricultura, que estabelece as restrições relacionadas ao Mormo para o trânsito de equídeos e sua participação em eventos.

Enori Barbieri Presidente da CIDASC

Gécio Humberto Meller Diretor Técnico